Marielle e Anderson foram mortos com submetralhadora 9 mm, conclui polícia

Marielle Franco e o motorista Anderson Gomes foram assassinados com tiros de uma  submetralhadora 9 mm. conclui a policia. Inicialmente, se considerou que as balas recolhidas eram de pistolas 9mm, com lotes de munição vendidos para a Polícia Federal. Também foi usado um supressor de ruído.

Projéteis recolhidos do carro onde estavam Marielle e Anderson ajudaram a confirmar as informações. Tanto submetralhadoras como pistolas podem usar munição 9mm.

Nesta quinta, deve ser feita a reconstituição do crime, ocorrido em 14 de março no Rio. Nenhum suspeito foi identificado até agora.

 

Comentários

Pin It on Pinterest