Haddad cogita apoiar Alckmin em um eventual 2º turno contra Bolsonaro

Caso Geraldo Alckmin consiga avançar para o segundo turno contra Bolsonaro, o Haddad apoiaria o Tucano.

A eventual aliança foi admitida pelo vice na chapa petista, Fernando Haddad, nesta quinta-feira (9). O ex-prefeito de São Paulo, contudo, afirmou que a possibilidade é remota.

“O PT não tem esse preconceito”, afirmou Haddad em resposta ao jornalista Reinaldo Azevedo em evento do banco BTG Pactual, em São Paulo.

Haddad, contudo, afirmou que esse cenário seria um “pesadelo”. Ele também considera esse cenário improvável. “O Alckmin acho que só cresce às custas do Bolsonaro”, disse Haddad.

Comentários

Pin It on Pinterest