PF afirma que Gleisi recebeu R$ 885 mil em propina na Lava Jato

A Polícia Federal (PF) concluiu no inquérito em que investiga a senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR) que foram encontradas evidências de que a presidente nacional do PT recebeu R$ 885 mil de propina um esquema de corrupção alvo da Lava Jato.

No relatório final do caso, enviado ao ministro Dias Toffoli, do Supremo Tribunal Federal (STF), o delegado Ricardo Hiroshi Ishida apresenta cinco repasses de valores que teriam sido recebidos pela senadora e que podem ser enquadrados nos crimes de corrupção, lavagem de dinheiro e falsidade
ideológica.

Quatro repasses citados, segundo a PF, estão relacionados a empresa Consist, investigada na operação Custo Brasil, desdobramento da Lava Jato em São Paulo. O quinto, no valor de R$ 300 mil, teria como origem a empresa TAM Linhas Aéreas, mas os documentos sobre o pagamento também foram apreendidos na Custo Brasil.

Vários veículos entraram em contato com assessoria de Gleisi mas não obtiveram resposta.

+Polícia Federal conclui que Gleisi recebeu dinheiro da Consist

+Raquel Dodge pede ao Supremo condenação de Gleisi e reparação de R$ 4 milhões

+Envolvida com as questões do PT e de Lula, Gleisi pouco aparece no Senado

Com informações do Estadão

Comentários

Pin It on Pinterest