Ministro da Agricultura é denunciado por corrupção ativa

Raquel Dodge (PGR), apresentou ao Supremo Tribunal Federal denúncia contra o ministro da Agricultura, Blairo Maggi (PP), por corrupção ativa.

O ministro participou de um esquema de “compra e venda” de vagas no Tribunal de Contas do Estado do Mato Grosso (TCE-MT) na época em que era governador em 2009. Segundo a PGR

“Os valores foram desviados da Assembleia Legislativa ou do Executivo por meio de estratégias como contratações simuladas de serviços que jamais foram prestados”. Disse a PGR por meio de nota.

Também foi denunciado, o conselheiro do Tribunal de Contas Sérgio Ricardo de Almeida por e lavagem de dinheiro corrupção ativa.

As provas colhidas durante a investigação, apontaram que houve pagamentos ao então conselheiro Alencar Soares Filho para que ele se aposentasse.

A medida foi efetivada em 2012 e permitiu a indicação do ex-deputado estadual para a corte de contas. Em troca da aposentadoria, Alencar Soares teria aceitado propina em valores que podem chegar a 12 milhões de reais.

 

Comentários

Pin It on Pinterest