Tratamento gratuito garante sonho de ter filhos

Reprodução assistida: tratamento gratuito garante sonho de ter filhos

No Brasil doze instituições públicas associadas ao Sistema Único de Saúde (SUS) com programas de reprodução humana assistida. Os locais disponibilizam cuidados, técnicas e procedimentos de fertilização in vitro e inseminação artificial.

È de obrigação do governo federal tem obrigação de pagar todos os exames de atenção básica. Os restantes dos procedimentos, dependendo dos critérios e protocolos de cada serviço, ficam sob responsabilidade do gestor estadual ou municipal.

 

Brasília é referência nesse tema. O Hospital Materno Infantil (Hmib) tem um dos programas de reprodução mais antigos do país, que completará 20 anos em agosto, e é um dos únicos a arcar integralmente com o tratamento (remédios, exames e cirurgias).

Os candidatos passam por diversas fases, como por exemplo consultas médicas, palestras educativas e entrevistas individuais, além de atendimento psicológico.

Um dos problemas, entretanto, é o tempo na fila. Há 1.100 casais aguardando atendimento. Em média, são quatro anos de espera. Por isso, é importante planejar-se para ser beneficiado. Os servidores públicos Talita Menezes, 33 anos, e Fabrício Menezes, 36, entraram na fila do Hmib quando descobriram que ela tinha endometriose. A doença pode causar esterilidade.

Os dois já tinham tentado várias terapias e até cirurgia, sem sucesso. “Quando casamos, já sabia dessa condição. Então, mesmo não pensando em filhos para logo, entramos na lista de espera. Demorou quatro anos para sermos atendidos”, relata Talita.

Ela fez a fertilização em julho de 2017, e o procedimento funcionou de primeira. Laura nasceu no sétimo mês de gestação, em fevereiro de 2018. “Por quase cinco anos, o Dia das Mães era um pouco triste para mim. Neste ano, posso comemorar com minha filha nos braços”, comemora Talita.

Sempre fui louca para ser mãe. Não conseguia nem imaginar não realizar o sonho. O tempo ia passando de forma dolorosa”

INFO: Metropole

 

Comentários

Pin It on Pinterest